6 Ago, 2021

Pouco mais de 30% dos jovens com 16 e 17 anos agendaram a vacina contra a covid-19

O fim de semana de 14 e 15 de agosto está reservado exclusivamente para a vacinação dos jovens de 16 e 17 anos.

Do total de 212 mil jovens com idades entre os 16 e 17 anos em Portugal, cerca de 70 mil (33%) fizeram o autoagendamento para receber a vacina contra a covid-19 no fim de semana de 14 a 15 de agosto, revelou, ao Correio da Manhã, o coordenador da ‘task force’, Henrique Gouveia e Melo.

“Estamos a falar de jovens de 16 e 17 anos para aquele fim de semana de 14 a 15 de agosto. É isso que estamos a tentar agendar agora. O que eu peço é aos pais e esses jovens que se agendem”, afirmou o vice-almirante, relembrando que a hora limite para fazer o autoagendamento exclusivo para estas idades é até às 23h59 de hoje (6 de agosto). É com o foco na sua vacinação que algumas pessoas que tinham a vacina agendada para esses dias estão a receber novas datas para a vacinação.

 “Depois se esse processo não ficar concluído, vamos fazer o agendamento através das nossas bases de dados e depois vamos encontrar outras metodologias. Queremos é vacinar esses jovens, dar-lhes oportunidade para ser vacinados”, acrescentou Gouveia e Melo.

No que diz respeito à vacinação de crianças e adolescentes dos 12 aos 15 anos, o coordenador do plano de vacinação em Portugal reforçou que será a Direção-Geral da Saúde (DGS) a tomar decisões. “A DGS determinará, no seu devido tempo, o que é que se vai fazer a essa população. A minha perspetiva enquanto logístico é que se o vírus tiver água para nadar, vai nadar nessa água e vai infetar essa água. Toda a água que eu conseguir retirar da piscina é um combate”.

No mesmo sentido, o vice-almirante anunciou ainda que vão ser administradas mais de 500 mil primeiras doses nos próximos dias, fruto da chegada de vacinas adicionais. “É o impulso final para vencer o vírus”.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais