6 Set, 2022

Monkeypox em crianças: Superfícies e material contaminado estão na origem de casos em Espanha

Em Portugal, já se registaram três casos de infeção por Monkeypox em jovens entre os 12 e os 17 anos, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

O contacto com materiais e superfícies é a principal via de transmissão de Monkeypox em crianças, de acordo com um estudo do Instituto de Saúde Carlos III (Espanha).

A investigação, publicada na revista científica The Lancet Child & Adolescent Healt, teve por base o diagnóstico do novo vírus em 16 menores espanhóis, sendo que a maioria dos casos (12) tem entre 13 e 17 anos, de acordo com o jornal Público.

Três deles foram infetados por contacto com superfícies em casa, já que os pais tinham a doença; em nove a origem esteve num estúdio de tatuagens e piercings “provavelmente através de material contaminado”; três por contacto sexual; e num ainda é desconhecida a origem. Dos 16 casos, apenas um doente teve complicações, mas não ficou com quaisquer sequelas.

Para os investigadores espanhóis, “o diagnóstico de casos pediátricos destaca o risco de transmissão comunitária, afetando toda a população”.

Os últimos dados da Organização Mundial de Saúde, de 22 de agosto, apontam para 140 menores infetados.

 

SO/PÚBLICO

Notícia relacionada

Monkeypox: Transmissão por via sexual é uma hipótese, indica OMS

Print Friendly, PDF & Email
ler mais

RECENTES

Print Friendly, PDF & Email
ler mais