21 Abr, 2021

Medicamentos. Farmácias iniciam hoje recolha para apoiar utentes de IPSS

Inicia-se hoje em todo o país uma recolha de medicamentos e produtos de saúde para doar a utentes de 120 instituições particulares de solidariedade social.

Setenta farmácias de todo o país iniciam hoje a recolha de medicamentos e produtos de saúde para doar a utentes de 120 instituições particulares de solidariedade social, uma iniciativa promovida pelo Banco Farmacêutico (BF).

“A Jornada de Recolha de Medicamentos organizada anualmente pelo Banco Farmacêutico acontece pela primeira vez ao longo de sete dias, tendo lugar de 20 a 26 de abril em algumas das farmácias [70], e em 159, a nível nacional, durante todo o dia de sábado, 24 de abril”, refere o BF em comunicado.

Pela primeira vez participam farmácias em Monção, Montelavar, Póvoa de Lanhoso e Vila Nova de Cerveira na iniciativa que faz chegar às instituições particulares de solidariedade social (IPSS) medicamentos não sujeitos a receita médica e outros produtos de saúde.

Na XIII Jornada, participam 120 IPSS que, “graças à generosidade dos portugueses, vão poder apoiar os que mais precisam com estes bens vitais para a sua saúde”, adianta o Banco Farmacêutico, uma iniciativa da Associação para a Assistência Farmacêutica, criada para uma intervenção social na área da saúde e do medicamento.

“Devido às limitações que a pandemia nos impõe, não contamos este ano com a ajuda preciosa de centenas voluntários, que ofereciam o seu tempo neste dia para apoiar na informação e orientação durante a Jornada, mas sabemos da reconhecida solidariedade dos portugueses e das farmácias e esperamos que o seu contributo seja idêntico ao de anos anteriores”, afirma Luís Mendonça, do Banco Farmacêutico, citado no comunicado.

Luís Mendonça deseja ainda que “as instituições de solidariedade que disponibilizam os medicamentos à população mais carenciada possam continuar a contar com este apoio ainda mais importante nesta fase pandémica”.

Em 2020, milhares de portugueses ajudaram 100 Instituições de Solidariedade Social através da doação de 14.000 medicamentos e produtos de saúde, com o valor estimado de 60 mil euros, refere o BF, que tem como missão “ajudar os mais desfavorecidos”, tendo por base “os valores da partilha e gratuidade”.

Até à última Jornada, o Banco Farmacêutico ajudou instituições de solidariedade social com 125.500 medicamentos e produtos de saúde.

O Banco Farmacêutico nasceu em Milão (Itália), de uma colaboração entre a Companhia das Obras e a Associação Lombarda dos Proprietários de Farmácia.

A primeira Jornada de Recolha de Medicamentos decorreu há 20 anos, em dezembro de 2000. Desde então, a Jornada realiza-se todos os anos, no segundo sábado do mês de fevereiro.

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais