29 Ago, 2023

Hospital de Guimarães adquire dois ecógrafos com tecnologia 3D e 4D

Segundo o hospital, os novos ecógrafos apresentam funcionalidades avançadas de deteção de anomalias, permitindo que a equipa médica identifique possíveis problemas de saúde fetal em estágios muito prematuros.

O Hospital Senhora da Oliveira (HSO), em Guimarães, distrito de Braga, anunciou a aquisição de dois ecógrafos de última geração, com tecnologia 3D e 4D, “destinados a revolucionar” a abordagem ao diagnóstico pré-natal.

“Os novos ecógrafos oferecem imagens de alta definição que vão muito além das gerações anteriores. Equipados com novas ferramentas de imagem volumétrica 3D e 4D, permitem uma melhor visualização e estudo do feto. Esta capacidade de visualização melhorada permite aos especialistas uma análise mais minuciosa e precisa do desenvolvimento fetal”, refere o HSO, em comunicado enviado à agência Lusa.

A unidade hospitalar sublinha que as “a imagens nítidas proporcionam uma compreensão mais abrangente das estruturas anatómicas, apoiando os médicos na identificação de possíveis problemas de uma forma mais precoce e precisa”.

Com a inclusão da tecnologia 3D e 4D, o HSO diz que passa a oferecer aos futuros pais “a oportunidade de se conectarem de forma única com os bebés em desenvolvimento”. “A capacidade de visualizar o bebé em três dimensões, em tempo real, cria uma experiência visualmente emocionante e comovente, estreitando ainda mais os laços afetivos entre os pais e seu bebé antes mesmo do nascimento”, salienta o Hospital de Guimarães.

Além do impacto direto no atendimento ao paciente, o hospital frisa que os dois ecógrafos de última geração agora adquiridos têm o potencial de impulsionar avanços significativos na investigação clínica relacionada com o diagnóstico pré-natal.

LUSA

Notícia relacionada

Interrupção Médica da Gravidez. “As manifestações clínicas podem não permitir um prognóstico claro até às 24 semanas”

Print Friendly, PDF & Email
ler mais
Print Friendly, PDF & Email
ler mais