6 Out, 2021

Cancro da tiroide: a importância de conhecer os sintomas

Apesar de não ser conhecida a causa da maioria dos cancros da tiroide, existem vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolvimento desta condição.

No âmbito do Dia de Sensibilização para o Cancro da Tiroide, que se assinala a 24 de setembro, a Associação das Doenças da Tiroide (ADTI) recorda a necessidade de atentar para os sinais e sintomas deste tipo de tumor diagnosticado em 1698 portugueses em 2020. Segundo dados do Globocan, no mesmo ano, “em todo o mundo, foram mais de meio milhão as pessoas diagnosticadas com cancro da tiroide”.

“Não é conhecida a causa da maioria dos cancros da tiroide”, esclarece a endocrinologista e porta-voz da ADTI, Maria João Oliveira. “Mas sabemos que existem fatores que podem aumentar o risco, como exposição à radiação na infância, obesidade, outros problemas de tiroide, como tiroide inflamada (tiroidite) ou bócio (um nódulo na parte da frente do pescoço), histórico familiar de cancro na tiroide, entre outros”.

Junto desta lista, o sexo também é relevante, uma vez que, tal como se verifica na maioria dos distúrbios da tiroide, também o cancro afeta mais as mulheres, sendo três vezes mais frequente no sexo feminino.

Segundo revela a ADTI, em comunicado, “caroço ou inchaço no pescoço, dor na parte frontal do pescoço, rouquidão ou outras alterações na voz que não desaparecem, dificuldade em engolir ou problemas respiratórios” são os sintomas mais conhecidos associados a esta patologia.

“O cancro da tiroide apresenta sinais que, apesar de serem semelhantes a outros problemas não cancerígenos, devem motivar sempre uma consulta médica”, refere a presidente da ADTI, Celeste Campinho. Infelizmente, “são ainda muitos os portugueses que têm doenças da tiroide por diagnosticar. O reforço da inflamação e a sensibilização para estes sintomas é muito importante”. No entanto, “a maioria destes tumores são tratáveis e curáveis, deixando poucas ou nenhumas sequelas”, destaca Maria João Oliveira.

ler mais

RECENTES

ler mais