3 Set, 2018

Unidade de Saúde da Madalena em Gaia abre no 2.º semestre do próximo ano

Em causa está um equipamento de saúde reivindicado há muitos anos no concelho de Gaia, distrito do Porto, o qual servirá utentes das freguesias da Madalena e de Valadares.

A nova Unidade de Saúde da Madalena, em Vila Nova de Gaia, vai entrar em funcionamento no segundo semestre do próximo ano e servir mais de 5.000 utentes, avançou a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte).

O valor total da obra ronda 1,7 milhões de euros, tendo comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Em comunicado, a ARS-Norte dá nota de uma visita à obra realizada esta manhã, que juntou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, o presidente de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, entre outros dirigentes e autarcas, tendo do encontro ficado a certeza de que a unidade de saúde entrará em funcionamento no segundo semestre de 2019.

“Apesar da necessidade de novas instalações e do projeto de execução estar concluído desde 2010 só oito anos depois começa esta obra, que visa a criação de condições para que a Unidade de Saúde da Madalena fique em instalações modernas, humanizadas e amiga das pessoas”, lê-se no comunicado.

A ARS-Norte reconhece que este novo equipamento substitui a utilização de um edifício arrendado que não reúne “os requisitos mínimos legais e regulamentares para o fim a que se destina, a prestação de cuidados de saúde”.

A Unidade de Saúde da Madalena está a ser construída num terreno de cerca de 3.500 metros quadrados cedido, em regime de direito de superfície, pela câmara de Vila Nova de Gaia.

A área coberta do prédio é de cerca de 1.200 metros quadros e o projeto inclui um módulo de saúde familiar com oito gabinetes médicos, seis gabinetes de enfermagem, duas salas de tratamento, dois gabinetes de vacinas e injetáveis e uma sala de Inaloterapia, bem como zonas de saúde materna e de saúde infantil e áreas de apoio.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais