10 Set, 2021

Tempo de espera para cirurgia diminui em Espanha para média de cinco meses

Também o tempo de espera para uma consulta com um especialista diminuiu para 99 dias, embora ainda seja superior ao período pré-pandemia.

A Organização de Consumidores e Utentes (OCU) espanhola revelou que o tempo médio de espera para a realização de uma cirurgia em Espanha caiu ligeiramente, para 148 dias (cerca de cinco meses), 22 dias menos do que no verão passado.

A organização informou através de um comunicado que, com base em dados do Ministério da Saúde espanhol, 27% dos pacientes esperaram mais de seis meses por uma cirurgia, quando em dezembro de 2019 esta percentagem era de 20%.

A comunidade autónoma mais afetada é a de Castela-Mancha, com um tempo médio de espera de 268 dias, enquanto as regiões com os tempos de espera mais curtos são as Astúrias (60 dias) e o País Basco (68 dias).

Em relação aos tempos de espera para a primeira consulta com um especialista, a OCU também informa de uma diminuição de 116 para 99 dias, em média.

No entanto, a organização alerta que este é um tempo de espera médio ainda muito distante dos números anteriores à crise de saúde provocada pela pandemia de covid-19, quando era de 88 dias o tempo de espera para ser visto por um especialista.

Por comunidade autónoma, os tempos de espera mais longos para ser vistos por um especialista acontecem na Catalunha e Aragão, com 152 e 147 dias, respetivamente. O País Basco (30 dias) e as Astúrias (37 dias) são as regiões com os tempos médios de espera mais curtos.

O setor da saúde está descentralizado em Espanha, com cada uma das suas comunidades autónomas a ser responsável pela gestão desta política.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais