30 Abr, 2019

SPP e GRESP lançam curso online sobre DPOC

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e o Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias (GRESP) da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio exclusivo da GSK, lançaram um curso de e-learning em Doença Pulmonar e Obstrutiva Crónica.

O curso é dirigido a médicos e internos de Medicina Geral e Familiar, Medicina Interna e de Pneumologia. Os interessados podem inscrever-se em aqui.

A formação “DPOC e-learning” conta com a coordenação da Dra. Inês Gonçalves e da Dra. Ana Sofia Oliveira, responsáveis da comissão de trabalho de Fisiopatologia e DPOC (2016-2018), em colaboração com o Dr. Rui Costa e o Dr. Pedro Fonte, do GRESP.  O curso é composto por nove módulos, conta com 12 formadores e aborda todas as fases da gestão da patologia: do diagnóstico à terapêutica, sem esquecer o acompanhamento do doente com DPOC.

“Uma das prioridades da nova direção da SPP é a aproximação às especialidades que também estão envolvidas na abordagem da patologia respiratória, como é o caso da Medicina Geral e Familia e Medicina Interna. Esta formação, que resulta de uma parceria com o GRESP, reflete essa abordagem e demonstra o compromisso da SPP em investir na formação da classe médica e na sua capacitação para melhor diagnosticar, tratar e seguir o doente com DPOC”, considera o Professor Doutor António Morais, Presidente da SPP.

A DPOC é uma patologia com elevada prevalência mundial e nacional e com morbilidade e mortalidade significativas. O diagnóstico precoce e o tratamento atempado e adequado são fundamentais para minimizar o impacto negativo desta patologia. O envolvimento da Medicina Geral e Familiar e a Medicina Interna é imperativo para chegar ao maior número de doentes, defendem a Dra. Inês Gonçalves, a Dra. Ana Sofia Oliveira, o Dr. Rui Costa e o Dr. Pedro Fonte.

“As doenças respiratórias, em particular a DPOC, são uma prioridade estratégica nos Cuidados de Saúde Primários. É fundamental, por um lado, combater o sub-diagnóstico da DPOC e, por outro, manter os doentes controlados, evitando episódios de internamento hospitalar de urgência. Esta parceria com a SPP vem, justamente, contribuir para uma maior capacitação dos especialistas em Medicina Geral e Familiar no que diz respeito à gestão integral do doente com DPOC”, defende o Dr. Rui Costa, especialista em Medicina Geral e Familiar e coordenador do GRESP .

“A GSK, enquanto companhia líder na área respiratória, considera ter um papel importante no apoio à educação dos profissionais de saúde. Assim, estamos determinados em estabelecer parcerias de sucesso com a comunidade médica, que lhes permita ter acesso a conteúdos científicos de excelência, equilibrados e objetivos, quando, onde e da maneira que considerarem mais útil e vantajosa”, conclui Rosana Cajal, Diretora Médica da GSK em Portugal.

ler mais

RECENTES

ler mais