30 Mai, 2017

Quatro em cada 10 portugueses tem mais de duas doenças crónicas

O aumento do número de pessoas com múltiplas doenças crónicas, as mudanças demográficas com o aumento da população idosa e a redução da população ativa, as desigualdades sociais e de pobreza infantil refletem de forma clara os desafios substanciais com que Portugal ainda hoje se confronta

Além disso, a crise financeira que atingiu o país nos últimos anos teve impactos no sistema de saúde nacional, ao reduzir a disponibilidade de recursos públicos para a cobertura de serviços de saúde e para os necessários investimentos.

Neste contexto decorre em Lisboa, nos dias 29 e 30 de maio, o primeiro encontro de trabalho da Avaliação Externa das Políticas de Saúde, onde peritos nacionais e internacionais da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Observatório Europeu dos Sistemas e Políticas de Saúde e de países da União Europeia discutem e analisam os principais desafios do Sistema de Saúde Português. Durante dois dias, a discussão centra-se em temas como o futuro da integração de cuidados, os desafios do financiamento do SNS e ainda como melhorar a saúde dos portugueses através da ação sobre os determinantes de saúde.

O resultado desta reunião permitirá olhar de forma mais integrada as políticas de saúde em Portugal e identificar novos focos avaliação e apoio às políticas que estão a ser implementadas.

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes encerrará os trabalhos que decorrem no Edifício Tomé Pires, do INFARMED, sala B, pelas 12h30.

Seguir-se-á a conferência de Imprensa conjunta da OMS e do Observatório Europeu dos Sistemas e Políticas de Saúde em que serão apresentadas as conclusões deste Encontro.

 

Comunicado de Imprensa/SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais