29 Set, 2016

Qualidade da cirurgia cardiotorácica do hospital de Gaia reconhecida pela DGS

A Direção-Geral de Saúde reconheceu a qualidade dos seus serviços de cirurgia cardiotorácica e de cirurgia de ambulatório, agora acreditados com o nível "Bom"

“O ‘Bom’ tem um grau de exigência tão grande que para nós é ‘muito bom'” este “reconhecimento”, disse à agência Lusa Belmiro Rocha, membro do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho, segundo o qual estão já a ser preparados pedidos de acreditação dos serviços de Pediatria/Neonatologia, Ginecologia/Obstetrícia e Cirurgia Pediátrica.

A finalidade é conseguir a acreditação de qualidade de todos os serviços do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, que vê neste processo um “reconhecimento de que são cumpridos um conjunto de ‘standarts’ que permitem garantir um nível de cuidados de excelência clínica”, acrescentou.

Após um processo de cerca de um ano e meio, cirurgia cardiotorácica e de ambulatório foram os dois primeiros serviços a concluir este mês “com sucesso o processo de acreditação, no âmbito do modelo de acreditação do Ministério da Saúde”, refere o centro hospitalar, em comunicado.

“A acreditação é um processo de observação, avaliação e certificação, através do qual se reconhece publicamente que uma instituição ou unidade de saúde reúne as condições necessárias e presta serviços e cuidados de saúde de qualidade, baseados na evidência científica e no respeito por padrões de qualidade definidos por entidades de referência e reconhecidos pelo Ministério da Saúde”, acrescenta.

O centro hospitalar indica ainda que “o modelo da qualidade adotado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) para acreditação das unidades de saúde é o modelo ACSA (Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucía), por ser o que melhor se ada