13 Dez, 2021

Projeto e-Bug PT visa aumentar a literacia em saúde de crianças e jovens

A fase piloto do projeto vai abranger dez agrupamentos de escolas em várias regiões do país e diferentes níveis de ensino.

A plataforma educativa e-Bug – uma ferramenta pedagógica que integra o Projeto e-Bug PT – vai ser implementada nas escolas portuguesas, com o propósito de aumentar a literacia em saúde das crianças e jovens dos 5 aos 18 anos sobre a prevenção da infeção e a boa utilização dos antibióticos.

A fase piloto deste projeto, o qual é financiado pelos EEA Grants Portugal (EEAG), vai abranger dez agrupamentos de escolas em várias regiões do país e diferentes níveis de ensino, desde o pré-escolar ao ensino secundário. O objetivo é expandir a sua implementação em todo o território a partir de 2023.

Ao longo dos próximos dois anos e meio, o projeto vai procurar reconstruir e validar a iniciativa, para que possa estar o mais atualizado possível, e adaptar os conteúdos revistos e reformulados pela UK Health Security Agency em 2020 aos currículos nacionais.

Deste modo, os docentes vão estabelecer relações entre os conteúdos curriculares e a saúde, através da utilização de materiais baseados em atividades práticas que facilitam a assimilação de conceitos e conhecimento sobre o bom uso dos antibióticos e a prevenção de infeções, seja através da vacinação, da higiene das mãos, da etiqueta respiratória ou ao nível de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis.

A iniciativa foi hoje, 9 de dezembro, apresentada e resulta de uma parceria entre a Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (PPCIRA), a Direção-Geral da Educação (DGE), o INFARMED, I.P, e The Antibiotic Centre for Primary Care – University of Oslo, Norway.

ler mais

RECENTES

ler mais