Professor da UMinho distinguindo com o Prémio Internacional Optometrista do Ano

O galardão destaca o currículo do cientista, o número de publicações e de patentes registadas e o impacto do seu trabalho na sociedade, entre outros aspetos

José González-Méijome, professor da Universidade do Minho, acaba de ser distinguido com o Prémio Internacional Optometrista do Ano 2016. Trata-se de um dos maiores reconhecimentos na área a nível mundial e é atribuído pela Universidade Politécnica da Catalunha, em Espanha. O galardão destaca o currículo do cientista, o número de publicações e de patentes registadas e o impacto do seu trabalho na sociedade, entre outros aspetos.

“Esta distinção reconhece o trabalho do grupo de investigadores com quem tenho o privilégio de colaborar. Vem também realçar a importância dos contributos da Optometria face aos grandes desafios colocados à saúde visual das populações mundiais”, afirma José González-Méijome, que é diretor do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental (CEORLab) do Centro de Física da UMinho. Em 2015, o galardão foi entregue a Lyndon Jones, da Universidade de Waterloo (Canadá).

González-Méijome é dos optometristas com maior prestígio mundial, tendo sido pioneiro no estudo de mecanismos para o controle da miopia, bem como de outros aspetos relacionados com as lentes de contacto, dispositivos de compensação das anomalias visuais e a avaliação do seu impacto na fisiologia do olho e na qualidade de visão. O CEORLab pesquisa as alterações do funcionamento da retina sob diferentes estímulos óticos. Esta linha de investigação tem aplicações imediatas em mecanismos de progressão da miopia e na compensação da vista cansada com dispositivos multifocais, podendo contribuir inclusivamente para estudar doenças que conduzem à cegueira e a patologias neurodegenerativas.

Natural de Lalín, na Galiza (Espanha) e com 40 anos, José González-Méijome licenciou-se em Ótica e Optometria pela Universidade de Santiago de Compostela e doutorou-se em Ciências pela UMinho, onde é professor há 15 anos. Na academia minhota, já assumiu a direção do mestrado em Optometria Avançada e a vice-presidência da Escola de Ciências, sendo atualmente coordenador do CEORLab e diretor do programa doutoral em Optometria e Ciências da Visão. É, ainda, editor-chefe do Journal of Optometry, membro do comité editorial das revistas PLOS ONE e BioMed Research International e o primeiro membro honorífico da Sociedade Galega de Optometria Clínica. O investigador conta com mais de 350 comunicações, 140 artigos, 20 capítulos e três livros editados.

ler mais

RECENTES

ler mais