18 Jun, 2021

“Polícia Sempre Presente: Verão Seguro 2021”: PSP reforça policiamento

A PSP vai concentrar a sua capacidade operacional de forma a incrementar o sentimento de segurança em zonas balneares, áreas residenciais, turísticas e comerciais e principais eixos rodoviários.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) vai reforçar até 30 de setembro o policiamento junto às zonas balneares, áreas residenciais, turísticas e comerciais e principais eixos rodoviários no âmbito da operação “Polícia Sempre Presente: Verão Seguro 2021”, informou hoje aquela força policial.

Em comunicado, a PSP adianta que a operação “Polícia Sempre Presente: Verão Seguro 2021” vai decorrer na sua área de responsabilidade em Portugal Continental e na totalidade das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

“Apesar de ainda nos encontrarmos em contexto pandémico, é expectável que com a abertura da época balnear se verifique um maior afluxo de pessoas e viaturas às zonas balneares, bem como um maior tráfego nos principais eixos rodoviários e um maior número de utilizadores dos transportes públicos, especialmente os que servem as zonas balneares”, refere a PSP.

A operação terá como áreas de intervenção o reforço da presença policial nas praias e zonas balneares e outros locais de elevada frequência de pessoas e da prevenção e fiscalização no contexto da Segurança Rodoviária, tanto nas grandes deslocações familiares como nas deslocações ida e volta para as zonas de veraneio e de recreação (nomeadamente locais de diversão noturna).

A PSP vai igualmente monitorizar o cumprimento das medidas em vigor no âmbito da pandemia da covid-19.

A polícia vai também disponibilizar o programa “Verão Seguro – Chave Direta” que visa a segurança das residências das famílias que se ausentam por motivos de férias.

Este programa possibilita que as residências sejam objeto de especial atenção da PSP na vigilância periódica.

No ano passado, segundo dados da PSP, 1.525 residências foram objeto deste programa.

Também o programa “Estou Aqui Crianças”, que tem por objetivo facilitar “a reconciliação de crianças momentaneamente perdidas com a família”, foi disponibilizado pela PSP.

De acordo com a PSP, este programa, que já existe há nove anos, tem atualmente ativas 23.441 pulseiras.

No âmbito da operação vai também ser implementada a “Operação PSP – Portugal Safer Place”, que tem por objetivo apresentar aos cidadãos estrangeiros que se desloquem a Portugal em turismo a PSP como parceiro fundamental na promoção da sua segurança e proporcionar um sólido sentimento de segurança.

A PSP apela na nota aos cidadãos que se mantenham informados sobre as regras em vigor na área da saúde pública, que sigam as recomendações das autoridades de saúde no que concerne ao atual contexto de pandemia da covid-19, bem como as recomendações da polícia no que diz respeito à segurança e prevenção da criminalidade.

Recomenda igualmente aos cidadãos que planeiem as suas deslocações de férias procurando evitar horas de grande frequência e conduzam de forma cautelosa, nomeadamente o cumprimento da velocidade máxima admitida e usem os equipamentos de retenção sempre que se desloquem com crianças.

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais