23 Mai, 2017

Philips e Fundação Portuguesa de Cardiologia põem os portugueses a dançar para prevenir as doenças cardiovasculares

A Philips associou-se à Fundação Portuguesa de Cardiologia para celebrar o mês do coração

Num evento realizado no dia 20 de Maio, no Largo do Chiado, assinalou-se a importância da prevenção e de ter um estilo de vida saudável, como forma de combater aquela que é a maior causa de morte no mundo: a doença cardiovascular. Para fomentar a prática de exercício físico, que é fundamental para prevenir estas patologias, a Philips desafiou todos os passaram pelo Chiado a dançar ao som de uma playlist inteiramente dedicada a músicas do coração e ao som do bater do coração dos portugueses cedido pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte e de incapacidade em Portugal e no Mundo. De acordo com dados do INE e da FPC, cada ano morrem cerca de 31.000 pessoas em Portugal devido a doenças cardiovasculares, aproximadamente 30% do total de óbitos. Dentro das doenças cardiovasculares, as que mais influenciam este número são: o enfarte do miocárdio, com mais de 4.000 mortes por ano registadas; o Acidente Vascular Cerebral (AVC), que representa 11% do total de mortes em Portugal; a hipertensão, estimando-se que cerca de 43% da população padeça desta condição; e também a insuficiência cardíaca, que de acordo com a Fundação Portuguesa de Cardiologia, afeta 400 mil portugueses. Em média perdemos 12 anos de vida por morte prematura causada por doenças isquémicas do coração.

A estes dados juntam-se os resultados de um estudo recente realizado na consulta de Patologia do Sono do Centro Hospitalar Lisboa Norte (CHLN), que verificou que em 305 doentes com síndrome de apneia do sono, 60% dos mesmos apresentavam hipertensão arterial, 12% sofriam de enfarte e 11% de arritmias. Ou seja, a redução dos níveis noturnos de oxigénio no sangue pode levar a um aumento do risco de doenças cardiovasculares, como hipertensão arterial, enfarte e arritmias, tendo estas sido apontadas como responsáveis pelo aumento da mortalidade observada nestes doentes.

Tendo em conta este cenário, a Philips companhia presente em todo o ciclo da saúde cardíaca, desde a promoção de hábitos de vida saudáveis, prevenção, diagnóstico, tratamento e cuidados no lar, recomenda um estilo de vida saudável assente em três pilares de saúde: alimentação equilibrada, uma boa higiene de sono, ou seja, praticar hábitos saudáveis que garantam um padrão vigília-sono adequado, e exercício físico.

 

Comunicado de Imprensa/SO/SF

 

ler mais

RECENTES

ler mais