22 Dez, 2021

Novo internamento de pediatria do hospital de Gaia recebe primeiras crianças

A transferência, que será realizada durante toda a manhã, é uma “operação logística complexa” que mobiliza vários meios.

Foto: Global Images

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho começou a transferir as crianças hospitalizadas para o novo internamento de pediatria, que faz parte do Centro Maternoinfantil de Gaia cuja abertura está prevista para o início de 2022.

Em comunicado, esta unidade de saúde, do distrito do Porto, explicou que as crianças internadas na Unidade II, localizada no centro de Gaia, estão a ser transferidas para a Unidade I, no Monte da Virgem, onde foi construído o novo internamento de pediatria.

Esta transferência, que será realizada durante toda a manhã, é uma “operação logística complexa” que mobiliza vários meios, sublinhou.

O novo internamento de pediatria, que conta com 27 camas, faz parte do Centro Maternoinfantil de Gaia cuja abertura está prevista para o início de 2022.

Este edifício teve um investimento de aproximadamente 14 milhões de euros e demorou 26 semanas a ser construído, referiu o centro hospitalar.

O presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, Rui Guimarães, adiantou, citado no comunicado, que a transferência das crianças irá permitir que aquelas que tenham necessidade de internamento via urgência não sejam relocalizadas para a Unidade II, através de ambulância.

O dia de hoje marca o “primeiro momento” da deslocalização das especialidades da mulher e criança da Unidade II para a I, vincou.

Esta transferência permite uma maior racionalização e organização de recursos, quer humanos quer técnicos, melhorando a capacidade de resposta e qualidade dos serviços prestados, entendeu.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais