Consultor hospitalar graduado pela Ordem dos Médicos de Medicina Interna, e especialista de Farmacologia Clínica e de Hipertensão Clínica (pela Sociedade Europeia de Hipertensão), Manuel Pedro Marques da Silva era Responsável pelo Núcleo de Investigação Arterial (definição, organização e exercício de assistência, formação e investigação clínica nas áreas das dislipidemias, hipertensão arterial (e sistema nervoso autónomo e barorreceptor), disfunção endotelial e propriedades viscoelásticas das artérias) e Coordenador do Ambulatório e da Consulta de Hipertensão Arterial e Dislipidemias  da Unidade Funcional Medicina 4 do Hospital de Santa Marta, do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE.

O Dr. Pedro Marques da Silva faleceu este sábado, vítima de doença prolongada.

Pedro Marques da Silva foi, indiscutivelmente, um dos mais conceituados especialistas e promotores da prevenção da doença cardíaca, tendo marcado toda uma geração de especialistas pela sua expertise na área.

Foi, também, um incansável formador, atividade na qual influenciou toda uma geração de jornalistas e outros profissionais da comunicação. Foi, sem dúvida, uma das mais respeitadas fontes de informação ao dispor dos jornalistas na área da prevenção de risco cardiovascular e tratamento da hipertenção.

Para o Presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, Prof. Doutor Victor Gil, “parte um sábio, com visão e pensamento próprio, que deixa um vazio irreparável na Medicina Cardiovascular. Parte um Homem de valores, de causas, e de fé que entre o muito que nos ensinou durante a vida, nos ensinou também a dignidade do sofrimento da Luz de Deus que agora partilha. O Pedro continuará a inspirar-nos”.

MMM/SO

ler mais