28 Dez, 2018

Meta cumprida. Este ano já abriram 33 Unidades de Saúde Familiar

Ao contrário do ano passado, Governo cumpriu a meta de aberturas prevista para este ano e fica, assim, muito próximo do objetivo de inaugurar 100 USF até ao final da legislatura.

Ao contrário de 2017, ano em que o governo falhou o objetivo de abrir 25 Unidades de Saúde Familiares (ficou-se pelas 18), em 2018 a meta foi cumprida. Este ano, até ao dia de hoje, já abriram portas 33 USF, acima do objetivo de 30 inaugurações assumido pelo governo no início do ano.

No entanto, a meta só foi atingida nesta semana, a última do ano, com a inauguração, na quarta-feira, das USF D. Amélia de Portugal (no Lumiar) e USF Mosteiro (em Odivelas).  No dia 17 de dezembro, abriu portas a USF Ilumina (em São Domingos de Rana), a 19 de dezembro foi inaugurada a USF Quinta das Lindas (em Barcarena) e o dia seguinte marcou o início da atividade da USF Terra (em Terrugem, Sintra). Pelo meio ,a 21 de dezembro, ainda abriu ainda a USF PoLis (em Leiria).

Já esta sexta-feira, o Ministério da Saúde deu conta da abertura de mais duas: uma em Vendas Novas e outra em Paranhos.

Das 33 USF abertas em 2018, 12 abriram na região Centro, 10 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 7 no Norte, duas no Alentejo e duas no Algarve. A outra meta que ficou definida numa portaria, assinada pelo então Secretário de Estado Fernando Araújo (em Fevereiro), e que previa a passagem, também ao longo de 2018, de 20 USF para o modelo B. Também esse objetivo foi atingido: precisamente 20 USF transitaram do modelo A para o B (a maioria na região Norte).

No entanto, o coordenador nacional para a reforma dos cuidados de saúde primários, Henrique Botelho, admite que a passagem de 20 USF a modelo B é um valor que está “aquém das expectativas e aquém do necessário”.

 

Objetivo da legislatura quase atingido

 

Com esta meta intermédia cumprida, o Ministério da Saúde, agora liderado por Marta Temido, parte para o derradeiro ano da legislatura com a certeza de que muito dificilmente não alcançará o objetivo de abrir 100 USF até ao fim da legislatura, em Outubro de 2019.

Com a abertura de 33 USF este ano, eleva-se para 94 o número destas unidades inauguradas desde o início da legislatura, em Novembro de 2015. Em dezembro desse ano, já com o governo do PS em funções, foram inauguradas 13, a que somaram mais 30 em 2016, 18 em 2017 e 33 este ano. Assim, basta que em 2018 abram portas 6 USF para que a meta seja alcançada – o que não será difícil, uma vez que existem 94 candidaturas pendentes à espera de aprovação.

Saúde Online

ler mais

RECENTES

ler mais