16 Mai, 2017

FamiliarMente alerta Presidente para a urgência na rede de cuidados continuados de saúde mental

A FamiliarMente foi recebida em audiência no Dia Internacional das Famílias por Marcelo Rebelo de Sousa, que numa publicação na página oficial da Presidência da República saudou "todas as famílias portuguesas, nas suas múltiplas formas de lugar dos laços mais próximos e de afetos"

A urgência de implementar a rede de cuidados continuados e integrados de saúde mental foi uma das preocupações levadas ontem pela FamiliarMente – Federação Portuguesa das Associações das Famílias de Pessoas com Experiência de Doença Mental ao Presidente da República.

No final, em declarações à agência Lusa, a presidente da FamiliarMente, Joaquina Catalão, elencou as preocupações que manifestou ao chefe de Estado, sobretudo “tendo em vista a implementação da rede de cuidados continuados e integrados de saúde mental há muito esperada pelas famílias e pelos utentes”.

“Ansiamos que esta rede seja uma realidade a curto prazo, para além de outras preocupações que nós temos, nomeadamente no que diz respeito ao estatuto do cuidador e ao estatuto do doente crónico”, observou.

Na mensagem colocada na página oficial, Marcelo Rebelo de Sousa destaca que “as famílias têm-se adaptado às transformações sociais e continuado a ser o sustentáculo da nossa sociedade”.

“Sei que há muitas famílias que passam provações e sei também que há muitos portugueses que passam provações por não terem família”, lamentou ainda.

A todas as famílias, o Presidente da República deixou “calorosamente uma mensagem de esperança no futuro nesta grande família com nove séculos de história que é Portugal”.

LUSA/SO/SF

 

Gedeon Richter

 

 

 

ler mais

RECENTES

ler mais