Cirurgia do Ambulatório: 3 meses após a retoma

A Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória (APCA) vai realizar uma sessão online subordinada ao tema “Cirurgia do Ambulatório: 3 meses após a retoma”, cujo objetivo passa por discutir as alterações e os desafios que a Covid-19 trouxe à retoma da atividade cirúrgica de ambulatório. O evento tem data marcada para o dia 15 de setembro, pelas 21h00.

Nesta iniciativa, que celebra também os 22 anos da APCA, em Portugal, cada unidade de cirurgia de ambulatório (UCA) vai apresentar a sua experiência sobre o que foi a realidade nestes últimos 3 meses: alterações nos circuitos, adaptações, protocolos anestésicos e cirúrgicos, gestão da atividade cirúrgica, recursos humanos, rastreios, entre outros.

O webinar vai contar com a moderação da APCA e com a participação dos médicos que representam as unidades de cirurgia ambulatória por todo o país, nomeadamente Lúcia Marinho, da UCA de Lamego, Francisco Matos, da UCA de Coimbra, Jelena Neves, da UCA de Centro Hospitalar Lisboa Norte, Luís Gabriel, da UCA de Beja, e Ana Lares, da UCA de Faro.

Traçando um “desenvolvimento positivo” no âmbito português da cirurgia em contexto de ambulatório, Carlos Magalhães, presidente da APCA, sublinha que “o principal fator de sucesso e desenvolvimento tem sido a sua característica multidisciplinar, envolvendo diferentes grupos profissionais, assim como a garantia de segurança e de elevados índices de qualidade no tratamento dos nossos doentes”. Segundo o responsável a partilha de “conhecimento e experiências” poderá ser um contributo para ultrapassar os desafios atuais.

A inscrição no evento é gratuita, mas obrigatória, disponível até ao final do dia 13 de setembro.

» Mais informações e inscrições aqui

ler mais