24 Out, 2016

Em 2014 Portugal tinha 16,6% de adultos obesos

De acordo com os últimos dados do Eurostat, Portugal tinha, em 2014, 16,6% de adultos obesos, um valor acima da média da União Europeia (UE 15,9%) e a tendência para o excesso de peso aumenta com a idade e diminui com a escolaridade

Em Portugal, a maior taxa de obesidade era as pessoas entre os 65 e os 74 anos (22,1%), seguindo-se o grupo entre os 45 e os 64 anos (21,9%) e o das pessoas com mais de 75 anos (16,7%).

Entre os 18 e os 24 anos a taxa de obesidade era, em 2014, de 5,7% e a das pessoas entre os 25 e os 34 anos de 9,4%.

Na média da UE, a taxa de obesidade mais alta é também registada entre as pessoas na faixa etária 65-74 anos (22,1%), seguindo-se a do grupo 45-64 (19,6%), a das pessoas a partir dos 75 anos (17,3%), a do grupo entre os 35 e os 44 (14,2%) e as faixas etárias 29-34 (9,9%)e 18-24 (5,7%).

Analisando por nível de escolaridade, a taxa mais alta, em Portugal, era de 20,9% para as pessoas com mais baixa educação, seguindo-se as de média educação (10.7%) e as que têm um nível alto de educação (8,6%).

A média da UE é, respetivamente, de 19,9%, 16,0% e 11,5%.

Analisando por género, há mais obesidade entre as mulheres (17,8%) do que nos homens (15,3%), valores que contrariam a média europeia (16,1% de homens obesos e 15,7% de mulheres).

Considera-se obesa a pessoa cujo índice de massa corporal é superior a 30.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais