2 Mai, 2017

Dia Mundial da Asma – “Melhor ar, melhor respiração”

O Dia Mundial da Asma é celebrado hoje. Organizado pelo Global Initiative for Asthma (GINA) e com a participação da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), com o principal objetivo de despertar a atenção da população sobre a doença e a importância de a manter controlada

O Dia Mundial da Asma 2017, realiza-se hoje e o tema desta edição é “Melhor ar, melhor respiração”.

A asma é uma doença crónica frequente e potencialmente grave, que afeta crianças e adultos. Não tem cura mas pode ser controlada.

É uma doença subdiagnosticada e subtratada que afeta cerca de 300 milhões de pessoas e causa 180.000 mortes anualmente, em todo o mundo

Estima-se que em Portugal a asma tenha uma prevalência de 6,8%, o que corresponde a aproximadamente 700.000 pessoas com asma ativa. Na faixa etária pediátrica a prevalência será de 8,4% (cerca de 175.000 crianças), tornando-a uma das principais doenças crónicas da criança.

De acordo com os dados nacionais, cerca de metade das pessoas com asma não tem a sua doença controlada.

Um dos principais obstáculos para alcançar o controlo resulta do facto da grande maioria dos doentes não controlados, nove em cada 10, achar que está bem. A não adesão ao tratamento e a utilização incorreta dos dispositivos inalatórios, conduzem à ausência de controlo.

A asma não controlada associa-se a pior qualidade de vida, faltas escolares e laborais, mais consultas médicas, mais idas aos serviços de urgência, maior número de internamentos hospitalares e maior mortalidade por asma.

O tratamento da asma compreende dois tipos de medicamentos: a medicação de controlo, especialmente anti-inflamatórios – corticosteróides inalados que deve ser tomada diariamente para prevenir o aparecimento dos sintomas, melhorar a função pulmonar e prevenir as crises; e a medicação de alívio, broncodilatadores de ação rápida para tratamento das crises ou exacerbações com rápido alívio dos sintomas.

No âmbito do Dia Mundial da Asma 2017, Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) apoia duas campanhas de comunicação – “Que a Asma Não te Pare” e “Vencer a Asma”- que pretendem sensibilizar os doentes asmáticos, os profissionais de saúde e a população em geral para a importância do controlo da doença, na melhoria da qualidade de vida.

SPAIC/SO/CS

ler mais

RECENTES

ler mais