14 Nov, 2018

DGS garante que há bombas de insulina para todas as crianças até aos 14 anos

Compra dos aparelhos sofreu um atraso este ano. Centros de referência vão agora começar a chamar pais e crianças para instalar as bombas. Em 2019, haverá aparelhos para todos os jovens até aos 18 anos.

Parecem estar ultrapassados os problemas que levaram ao atraso na entrega de bombas de insulina crianças com diabetes tipo 1. A Direção Geral de Saúde garante que foram adquiridos todos os dispositivos para cumprir a meta deste ano, avança o jornal Público.

São, ao todo, 852 os aparelhos comprados pelo Ministério da Saúde e que vão ser distribuídos pelos centros de referência de acordo com as necessidades de cada unidade. À medida que vai recebendo os aparelhos, cada unidade contacta crianças e pais de modo a instalar as bombas e dar formação. Contudo, o ritmo de entrega das bombas pode variar muito, dependendo da capacidade instalada em cada centro de referência, alerta José Boavida, presidente da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal, em declarações ao JN.

O acesso gratuito a dispositivos de bombas de insulina a todas as crianças e jovens até aos 18 anos com diabetes tipo 1 faz parte de um projeto do governo, lançado em 2016, mas que só ficará concluído no próximo ano, quanto todos os jovens até aos 18 anos tiverem acesso aos dispositivos. A previsão para 2019 contempla a aquisição de 857 bombas.

Recorde-se que o concurso para aquisição do material sofreu um atraso e só ficou concluído em março. Em junho ainda só tinham sido adquiridos um quarto dos aparelhos necessários e entregues apenas 50 bombas de insulina.

Saúde Online

 

 

ler mais

RECENTES

ler mais