14 Jun, 2017

Criação de cartilagem semelhante à natural em laboratório

Engenheiros biomédicos da Universidade de Davis, na Califórnia, criaram em laboratório um tecido semelhante à cartilagem natural, com grande potencial para substituir a cartilagem danificada nas articulações

Um trabalho sobre a investigação, publicado hoje na revista Nature Materials, lembra que a cartilagem proporciona uma superfície lisa para que as articulações se movam, que por vezes é danificada (por trauma, doença ou uso excessivo), não se renovando e sendo difícil de substituir.

A cartilagem artificial, dizem os responsáveis, poderá ser implantada em articulações danificadas e terá um grande potencial na recuperação da mobilidade do ser humano.

A cartilagem natural é formada por células chamadas condrócitos. Os engenheiros biomédicos procuraram criar o material cultivando essas células em laboratório, que uma vez juntas foram colocadas sob tensão (levemente esticadas) durante alguns dias.

Essa tensão tornou o material mais rígido, disse Jerry Hu, engenheiro investigador e um dos autores do estudo.

A experiência produziu um material com uma composição e propriedades mecânicas semelhantes à cartilagem natural.

Usado em ratos, o material feito em laboratório sobreviveu no ambiente fisiológico, sendo o próximo passo colocar a cartilagem artificial numa articulação e estudar a forma como reage à pressão, disse Jerry Hu.

“A cartilagem artificial que criamos é totalmente biológica, com uma estrutura semelhante à da cartilagem real. E mais importante, acreditamos que resolvemos o complexo problema de fabricação em laboratório de tecidos suficientemente fortes e rígidos para aguentarem cargas elevadas, como as cartilagens das articulações do joelho ou da anca”, disse Kyriacos Athanasiou, do departamento de engenharia biomédica da Universidade.

LUSA/SO/CS

ler mais

RECENTES

ler mais