Covid-19: OMS regista o maior número de casos reportados num só dia

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde Tedros Adhanom Ghebreyesus disse que foram reportados, só nesta quarta-feira, 106.000 casos.

O número de casos reportados nesta passada quarta-feira foi o maior número de casos registados, num só dia, do que o númro de casos registados em qualquer outro momento desde o início da pandemia da Covid-19, disse o diretor-geral Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde disse num briefing em Genebra que “o caminho a percorrer ainda é longo”, e que quase dois terços dos 106.000 casos reportados ocorreram apenas em quatro países.

A epidemiologista da OMS Maria Van Kerkhove confirmou à CNN que os quatro países em questão foram os Estados Unidos, a Rússia, o Brasil e a Índia.

É importante relembrar que, apesar de este ser um número alarmante, podem ocorrer atrasos nos relatórios que são feitos e publicados a qualquer ponto do processo.

Posto isto, este aumento de casos, em apenas 24 horas, não significa que foram infetadas, testadas ou contabilizadas todas as 106.000 pessoas num só dia.

SO/CNN

 

[box] Notícias Relacionadas:

Covid-19: Cerca de 44% das pessoas com sintomas ligeiros têm poucos anticorpos

Com um nível de anticorpos muito baixo, e com pouca capacidade neutralizante, os infetados não ficam imunizados contra o coronavírus, revelam os testes divulgados.

Covid-19: Um em cada cinco suecos em Estocolmo terá desenvolvido anticorpos

Um estudo da Agência de Saúde Pública da Suécia estima que cerca de 20% dos habitantes da capital sueca já tenha contraído a doença.

Surto de Covid-19 no Santa Maria: Já há 12 casos confirmados

Nove profissionais de saúde e três doentes do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, testaram positivo, sendo que a DGS tinha apenas confirmado dois casos na terça-feira.

Cinco hospitais associam-se à investigação que avalia relação entre microbiota e Covid-19

A investigadora Conceição Calhau coordena um estudo nacional sobre o papel da microbiota no desenvolvimento de quadros mais severos de Covid-19. Conclusões devem ser apresentadas em julho.

[/box]
ler mais

RECENTES

ler mais