23 Jul, 2021

Covid-19 em Portugal. Restrições podem mudar consoante evolução da vacinação

A ministra da Presidência mencionou a possibilidade de uma alteração nas medidas, assim que uma significativa percentagem da população tiver a vacinação completa.

Portugal aproxima-se do momento de mudar de políticas face à pandemia, atendendo à evolução da percentagem de população vacinada, declarou ontem a ministra da Presidência Mariana Vieira da Silva, quando questionada sobre a possibilidade de reabrirem as discotecas.

A propósito da próxima reunião do Infarmed, marcada para 27 de julho em Lisboa, que junta especialistas e políticos para analisar a evolução da pandemia, a ministra foi questionada sobre a possibilidade de o Governo decidir a reabertura dos espaços de diversão noturna, que estão encerrados permanentemente desde o início da pandemia em 2020.

“O Governo sempre disse que o momento em que a percentagem muito significativa da sua população tivesse duas doses de vacina seria um momento de mudança de políticas. Aproximamo-nos desse momento. É tempo também de ouvir os especialistas e depois de tomar as decisões”, afirmou Mariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros na passada quinta-feira.

Ainda em resposta a esta questão, a ministra da Presidência afirmou que aquilo que está em causa é o eventual alargamento da regra de apresentação do certificado de vacinação contra a covid-19 para aceder a alguns espaços, permitindo assim o funcionamento de diversos espaços e atividades.

No entanto, esta realçou que as eventuais decisões do Governo só serão devidamente tomadas e anunciadas após a reunião da próxima terça-feira, não havendo condições para antecipá-las.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais