Na conferência de hoje da Direção-Geral da Saúde (DGS), a ministra responsável pela pasta da Saúde, Marta Temido, confirmou a existência de cinco casos de Covid-19 na Maternidade Alfredo da Costa (MAC).

Em causa estão dois enfermeiros e três assistentes operacionais com infeção por Covid-19 confirmada, havendo uma ligação conhecida entre os casos.

Segundo a informação adiantada neste espaço de atualização da evolução da pandemia em Portugal, os contactos de risco destes colaboradores já foram testados. Apesar de todos os casos terem obtido resultados negativos, os contactos estão em isolamento por uma questão de precaução.

Quanto aos contactos mais afastados, ainda estão a ser realizados os testes, conforme as determinações da DGS.

O surto continua, assim, em fase de investigação. Não obstante, a responsável adianta que nenhum dos serviços da unidade hospitalar foi afetado, mantendo o funcionamento pleno.

A ministra garantiu ainda que “todas as medidas habituais para o controlo da infeção estão a ser tomadas”, garantindo que todos os protocolos determinados pela DGS estão a ser cumpridos pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC).

Atualmente, existem 177 surtos ativos em Portugal. A região Norte é a mais afetada, com 86 surtos ativos, seguida da região Lisboa e Vale do Tejo, com 61, Algarve, com 12, e tanto a região centro como a do Alentejo, com nove cada.

No total, Portugal já registou até ao dia de hoje 58.633 casos positivos, sendo mais 390 (+0,7%) nas últimas 24 horas. O número de recuperados é de 42.233, um acréscimo de 129 nas últimas 24 horas. No mesmo período, houve registo de mais três mortes, cumulando em 1.827 óbitos (+3).

ler mais