9 Ago, 2021

Contágios aceleram nos EUA e chegam de novo aos 100 mil por dia

No final de junho, os EUA tinham uma média de 11 mil casos por dia, valor que tem vindo a aumentar de forma constante.

Os Estados Unidos registam atualmente uma média de 100 mil novos casos de covid-19 por dia, um número que já não se observava desde o surto do inverno, noticia hoje a agência Associated Press (AP).

No final de junho, os EUA tinham uma média de 11.000 casos por dia, mas a média está nos 107.143.

O país demorou nove meses a ultrapassar pela primeira vez a barreira dos 100 mil casos de covid-19 em média, em novembro.

O surto do inverno alcançou um pico no início de janeiro, com cerca de 250.000 casos de média.

O número médio de infeções foi depois diminuindo e atingiu o mínimo em junho, mas em seis semanas já voltou a ultrapassar os 100 mil casos, apesar de mais de 70% da população adulta dos EUA já estar vacinada.

Também o número médio de mortes tem vindo a aumentar, tendo passado de 270 mortes diárias há duas semanas para 500 na sexta-feira, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Segundo a AP, o vírus está a disseminar-se mais depressa entre populações não vacinadas, especialmente no sul do país, onde os hospitais estão a ficar lotados.

As autoridades de saúde temem que o número de casos continue a aumentar se não houver mais norte-americanos a aderir à vacinação.

“Os nossos modelos mostram que, se não [vacinarmos as pessoas], podemos ter várias centenas de milhares de casos por dia, tal como aconteceu no surto de janeiro”, disse esta semana à CNN a diretora dos Centros para o Controlo e Prevenção de Doenças, Rochelle Walensky.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.424 mortos em todo o mundo, entre mais de 200,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, desde que a OMS detetou a doença na China em finais de dezembro de 2019, segundo o balanço mais recente da AFP com base em dados oficiais.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais