16 Fev, 2022

Casos em Portugal estão a diminuir para quase metade a cada oito dias

O motor da descida significativa de novos casos é a “Região Norte”, que passou de 24 mil para 8600 casos/dia, analisa o matemático Carlos Antunes.

O ritmo de descida do número de novos casos covid-19 tem sido notório ao longo dos últimos dias. De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), na passada segunda-feira contabilizaram-se 18 135 pessoas com diagnóstico de infeção por SARS-CoV-2, contra 30 757 do período homólogo da semana anterior.

Com os casos a reduzirem-se para perto de metade a cada oito dias, poderemos registar perto de 11 500 infeções/dia já na próxima semana, analisa o matemático Carlos Antunes, em declarações ao Jornal de Notícias, já que nos dias 10, 11 e 12 deste mês contavam-se menos cerca de 22 mil casos/dia face à semana anterior.

Na semana passada, a descida de novos casos atingiu “um ritmo muito grande”, a qual encontra o “motor na Região Norte”. Esta passou de “24 mil casos/dia a 26 de janeiro para 8600/dia”, tendência que já se tinha observado em Lisboa e Vale do Tejo. “Só estas duas regiões puxam para baixo a incidência”, uma vez que nas outras zonas esta redução é mais lenta.

De acordo com o professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o fecho dos laboratórios Germano de Sousa não deverá impactar de modo significativo os números diários, tendo já a DGS estimado apenas “uma quebra de casos positivos entre 5% e 10% do total de casos apresentados”.

Na próxima quarta-feira, o Governo vai reunir com os peritos no Infarmed, para discutirem o alívio de restrições, medidas que devem passar pelo fim dos testes em massa e pela não-obrigatoriedade de se mostrar o certificado digital em vários espaços.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais