21 Jul, 2021

Associações e profissionais de saúde sensibilizam para a Esclerose Múltipla

No âmbito do Dia Mundial do Cérebro serão promovidas várias iniciativas que procuram consciencializar sobre a esclerose múltipla e reforçar a importância do diagnóstico precoce.

A propósito do Dia Mundial do Cérebro (22 de julho), uma efeméride instituída pela World Federation of Neurology (WFN), várias associações de doentes de esclerose múltipla (EM) e profissionais de saúde juntam-se para alertar para a patologia crónica e degenerativa que afeta o sistema nervoso central.

De forma a assinalar o dia que anualmente procura alertar para as grandes questões do cérebro, a Associação Nacional de Pessoas com Esclerose Múltipla (ANEM) e a Sociedade Portuguesa de Pessoas com Esclerose Múltipla (SPEM) irão aliar-se aos profissionais de saúde em frente à Casa da Música, no Porto, pelas 15h00, na Gare do Oriente, em Lisboa, pelas 10h30, e na sede da SPEM em Coimbra.

Em conjunto, irão “distribuir balões e reforçar a importância de um diagnóstico cada vez mais precoce, para um acesso atempado a tratamentos que podem mudar vidas”, revelam em comunicado. A iniciativa “pretende sensibilizar para a importância do diagnóstico, tratamento e de hábitos de vida essenciais para melhorar a qualidade de vida de todos aqueles que vivem com EM e dos seus cuidadores”.

Dedicado à efeméride, será promovido, pelas 18h30 deste dia, um webinar intitulado de “O Cérebro e a EM – Um desafio para a Investigação em NeuroCiências”. No mesmo sentido, será apresentado também um vídeo de testemunhos de portadores da patologia, que “irá demonstrar de que forma atividades como a escrita, leitura, música, pintura e desporto ao longo da vida ajudam a manter o cérebro ativo”.

ler mais

RECENTES

ler mais