14 Set, 2023

Associação Dermatite Atópica Portugal alerta para “impactos invisíveis da doença visível”

Esta quinta-feira, dia 14 de setembro, assinala-se o Dia Mundial da Dermatite Atópica. Nesse sentido, a Associação Dermatite Atópica Portugal (ADERMAP), associa-se à campanha #IfYouOnlyKnew da GlobalSkin e da European Federation of Allergy, and Airways Diseases Patients’ Associations, com o intuito de consciencializar para os "impactos invisíveis" da doença em crianças e adolescentes.

De acordo com dados divulgados pela ADERMAP, a dermatite atópica caracteriza-se por ser uma doença inflamatória da pele que se revela através de manchas descamativas, avermelhadas, causadoras de comichão, e que acabam por afetar a esfera emocional e o bem-estar do doente afetado, uma vez que influencia a sua aparência, e pode causar sentimentos de impotência, frustração, baixa autoestima, ansiedade e depressão. No caso de crianças e jovens, a falta de controlo da doença pode causar um impacto na diminuição do rendimento escolar, e provocar o isolamento social.

Atualmente incurável, a dermatite atópica é uma doença crónica e imunomediada, que se determina pela interação de fatores genéticos e ambientais, causando um grande impacto na vida dos doentes e das respetivas famílias. Afeta entre 10 a 20% das crianças e entre 1 a 3% dos adultos em todo o mundo, estimando-se que em Portugal 360 mil pessoas sejam vítimas desta doença, e que dessas, 70 mil tenham uma forma moderada a grave.

Segundo a ADERMAP, esta doença é muitas vezes desvalorizada como “apenas uma doença de pele”, e que, por isso, “as verdadeiras necessidades dos doentes não têm sido atendidas, solidária e oportunamente, de forma global”. Nesse sentido, a associação pretende alertar para os “impactos invisíveis de uma doença visível”, promovendo uma consciencialização e um diálogo ativo entre cidadãos, profissionais de saúde e órgãos decisores.

Joana Camilo, presidente da ADERMAP, alerta que a dermatite atópica pode surgir tanto em adultos como em crianças, podendo manifestar-se em várias idades e com diversos graus de severidade. “É muito importante sensibilizarmos para a patologia, alertarmos para o fardo entre doentes e cuidadores (…), e reconhecermos a necessidade de acesso a cuidados que refletem a natureza multidimensional da dermatite atópica e aos tratamentos mais eficazes e seguros para a controlar. Este ano, a campanha mundial é focada no peso psicológico e emocional que a dermatite atópica representa para as crianças e jovens que sofrem com a doença e nos seus cuidadores”, explica.

Através das hashtags #IfYouOnlyKnew e #diamundialdadermatiteatopica, a ADERMAP convida o público a partilhar o tema para que a dermatite atópica possa ser reconhecida como uma doença impactante na vida dos doentes e cuidadores.

 

CG

Notícia relacionada 

Eficácia e segurança das terapêuticas inovadoras no tratamento da dermatite atópica

Print Friendly, PDF & Email
ler mais
Print Friendly, PDF & Email
ler mais