24 Jul, 2017

APIFARMA mantém aposta no programa de literacia em saúde “Tratar de Mim”

A APIFARMA – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica associa-se ao Dia Internacional do Autocuidado, que se assinala hoje, através do programa de literacia em saúde “Tratar de Mim”

O programa da APIFARMA, criado em 2015, visa contribuir para a gestão de problemas de saúde menores, através de uma maior consciencialização da população portuguesa para a utilização responsável dos medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM) e para a importância do aconselhamento farmacêutico.

Para isso, a APIFARMA OTC – comissão que representa o conjunto das empresas associadas que desenvolvem actividade na área dos MNSRM – desenvolveu diversos materiais informativos que permitem elucidar os cidadãos e os profissionais de saúde como orientar as decisões individuais de saúde.

Os cidadãos podem consultar folhetos sobre a utilização segura e responsável dos medicamentos não sujeitos a receita médica, como organizar a farmácia de medicamentos, rinite alérgica, entre outros temas.

Adicionalmente, o programa lançou o jogo “Tratar de Mim” para promover a literacia em Saúde juntos dos mais jovens. O jogo de tabuleiro – composto por questões relacionadas com saúde, hábitos de vida saudável e uso responsável do medicamento – recorre às componentes lúdica e pedagógica para actuar precocemente junto de um público essencial, ávido de informação e conhecimento.

A APIFARMA considera o “Tratar de Mim” um activo estratégico para a promoção da saúde pública dos portugueses e um importante contributo para melhorar os níveis de literacia em saúde, capaz de gerar melhorias ao nível dos resultados em saúde e da sustentabilidade do Sistema Nacional de Saúde.

O programa “Tratar de Mim” é uma iniciativa da Comissão APIFARMA OTC e tem como parceiros a ANF – Associação Nacional das Farmácias, a DGS – Direcção-Geral da Saúde, o INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P., a Ordem dos Farmacêuticos, a Ordem dos Médicos e a Valormed.

Comunicado de Imprensa/SO

 

 

ler mais

RECENTES

ler mais