12 Nov, 2018

Antigo hospital de Vila Franca de Xira será convertido em Cuidados Continuados

O edifício do antigo hospital de Vila Franca de Xira vai ser convertido numa Unidade de Cuidados Continuados (UCC), um projeto da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia local com um custo estimado em cerca de 5,5 milhões de euros.

Esta infraestrutura, situada no centro da cidade de Vila Franca de Xira, distrito de Lisboa, pertence à Misericórdia local e está ao abandono desde 2013, tendo sido, desde então, alvo de vários atos de vandalismo, segundo disse à agência Lusa o provedor da instituição, Armando de Carvalho.

“O edifício atingiu nestes últimos cinco anos um estado preocupante de degradação. Houve muitos assaltos e chegámos a apanhar pessoas a roubar materiais e fios de cobre”, contou Armando de Carvalho.

O provedor explicou que a Misericórdia de Vila Franca de Xira tem um projeto para requalificar o imóvel, que outrora albergou o hospital Reynaldo dos Santos, para o converter numa UCC, estando o projeto “dependente de um empréstimo bancário de 5,5 milhões de euros”.

Esse empréstimo insere-se no âmbito do Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas (IFRRU), um programa comunitário de apoio Portugal 2020 que disponibiliza empréstimos em condições mais favoráveis, adiantou.

Além da reabilitação do edifício, o projeto prevê, igualmente, a instalação de 140 camas destinadas a pessoas com doenças crónicas ou em fase de recuperação. “Será um projeto fundamental para o concelho de Vila Franca e para a revitalização da cidade, tornando-a mais atrativa”, apontou.

No mesmo sentido, o presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita (PS), manifestou “total disponibilidade” para apoiar este investimento, reconhecendo a sua “enorme importância”.

“É um projeto importante para a cidade, mas também para colmatar uma necessidade no âmbito do concelho, mas também da Área Metropolitana de Lisboa, criando condições para que, tecnicamente, possamos apoiar patologias muitas graves do foro das demências”, sublinhou.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira ainda não tem uma estimativa de quando é que poderá iniciar a obra, sabendo-se, apenas, que a duração prevista dos trabalhos é de dois anos.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais