10 Fev, 2021

SPEDM recomenda vacinação a todas as pessoas com doenças endócrinas

Nos ensaios clínicos realizados com vacinas Covid-19 foram incluídos doentes endócrinos, tendo ficado demonstrada eficácia e segurança.

A Sociedade Portuguesa de Endocrinologia Diabetes e Metabolismo (SPEDM) recomenda a vacinação COVID-19 a todos os doentes com doenças endócrinas estáveis, como a tiroidite autoimune, doença de Graves e doença de Addison, adenomas hipofisários, diabetes tipo 1 e 2 e obesidade, de modo semelhante à população em geral.

A Sociedade Europeia de Endocrinologia e o Conselho Europeu de Sociedades, da qual a SPEDM é membro, relembram que em ensaios clínicos realizados com vacinas Covid-19 foram incluídos doentes com doenças endócrinas, tendo a eficácia e segurança sido comparáveis com os voluntários saudáveis.

Tendo tomado conhecimento que nalguns países existem doentes a quem terá sido recusada a vacinação COVID-19, a SPEDM e a Sociedade Europeia de Endocrinologia defendem que não existem motivos para essa tomada de decisão e reforçam, assim, o apelo e a constatação da eficácia e segurança da administração nos casos referidos.

ler mais

RECENTES

ler mais