2 Mai, 2019

Plano de Contingência de Saúde para calor extremo

O Plano de Contingência de Saúde Sazonal entra hoje em vigor e a DGS recomenda todas as unidades do SNS a terem planos de emergência.

O “Plano de contingência saúde sazonal – Módulo verão 2019”, que estará em vigor até 30 de setembro, apresenta orientações estratégicas e referenciais para a comunicação e gestão de riscos dirigidas à população e aos parceiros do setor da saúde. Além disso, pretende capacitar os cidadãos para a sua proteção e os serviços de saúde para a resposta ao aumento da procura.

O plano reforça a necessidade de todos os serviços e estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) implementarem Planos de Contingência de nível local e regional.

Segundo o plano, as instituições e serviços do SNS devem, entre outras medidas, promover a linha SNS 24 (808 24 24 24) como primeiro contacto com o sistema de saúde, garantir a articulação dentro e fora do setor da saúde, identificar previamente e gerir as necessidades nas infraestruturas, equipamentos e recursos humanos, especialmente nos períodos de férias.

Devem ainda garantir a existência de salas climatizadas e identificar as pessoas mais vulneráveis e prever a adaptação da sua medicação, quando aplicável.

O documento lembra que Portugal é um dos países europeus mais vulneráveis às alterações climáticas e aos fenómenos climáticos extremos, tendo em conta a sua localização geográfica.

Devido aos potenciais efeitos na saúde das populações são ainda relevantes os afogamentos, as toxi-infeções alimentares, o aumento da população de mosquitos e carraças, e os incêndios, adianta o plano, advertindo que o potencial aumento da morbilidade pode conduzir a um aumento da procura dos serviços de saúde, devendo estes estar preparados.

LUSA/SO

ler mais

RECENTES

ler mais