Presidente da Direção da Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas da Ordem dos Farmacêuticos

O papel dos farmacêuticos no aconselhamento sobre a Gota

Dada a distribuição das farmácias comunitárias em todo o território nacional e a sua proximidade às populações, os farmacêuticos comunitários são habitualmente o primeiro e mais frequente ponto de contacto entre o cidadão e o sistema de saúde.

Para além da dispensa de medicamentos e aconselhamento à sua utilização, estes profissionais são responsáveis pela promoção da literacia em saúde, aconselhando e encaminhando o cidadão para cuidados médicos especializados.

Atualmente, é possível encontrar no nosso país mais de 15.000 farmacêuticos a exercer atividade nas mais diversas áreas de intervenção.

Segundo um estudo do centro de estudos e sondagens de opinião da Universidade Católica, “96% dos portugueses está satisfeito ou muito satisfeito com a sua farmácia”, o que reforça a ideia de que o farmacêutico é um profissional de saúde altamente qualificado, competente e com enorme sentido de compromisso com a população.

Afinal, o que podem as pessoas que vivem com Gota esperar dos farmacêuticos?

A Gota é uma doença reumática inflamatória que se caracteriza pelo excesso de ácido úrico no sangue e consequente acumulação nas articulações sob a forma de cristais, causando dores e possível incapacitação.

Considerando a proximidade dos farmacêuticos dentro da comunidade, quem vive com Gota pode esperar uma intervenção de saúde centrada nas suas necessidades em colaboração com os outros profissionais de saúde.

De que forma? Através do apoio na gestão e adesão da terapêutica indicada pelo médico especialista, ajuda na deteção de fatores de risco e sintomas associados à doença, referenciação aos cuidados de saúde e ainda o incentivo à adoção de hábitos de vida saudáveis.

Mais do que nunca, os farmacêuticos estão empenhados em criar, implementar e adaptar serviços que correspondem às necessidades e expectativas dos cidadãos. Na promoção da prevenção em saúde ou no acompanhamento e aconselhamento de soluções terapêuticas. Os rastreios e o seguimento farmacoterapêutico realizados nas farmácias comunitárias resultam na deteção atempada e controlo dos sintomas associados à doença, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de quem vive com Gota e ganhos para toda a sociedade.

ler mais

RECENTES

ler mais