26 Mai, 2022

Média diária de infeções por SARS-CoV-2 volta a aumentar para mais de 29 mil

Há já um mês que o valor do Rt se mantém superior a 1, o que indica um crescimento sustentado das infeções.

A média de infeções voltou a aumentar de 22.805 para 29.101 casos diários em Portugal e todas as regiões registam um índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus superior ao limiar de 1, indica hoje o INSA.

Segundo o relatório semanal do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) sobre a evolução da pandemia de covid-19 no país, o Rt a nível nacional baixou de 1,23 para 1,13, mas todas as regiões apresentam a média deste indicador a cinco dias superior a 1, o que “indica uma tendência crescente” de infeções.

O Norte está com um Rt de 1,12, o Centro com 1,06, Lisboa e Vale do Tejo com 1,20, o Alentejo com 1,09, o Algarve com 1,12, os Açores com 1,21 e a Madeira com 1,18, refere o relatório.

O valor do Rt – que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus – é superior a 1 desde 26 de abril.

Os dados hoje divulgados avançam ainda que o número médio de casos diários de infeção a cinco dias passou dos 22.805 para os 29.101 em Portugal, sendo ligeiramente mais baixo no continente (27.851).

De acordo com o documento, todas as regiões apresentam também uma taxa de incidência superior a 960 casos por 100 mil habitantes em 14 dias, sendo a mais elevada nos Açores (4.196,1), seguindo-se o Norte (3.872,1) e o Centro (3.580,7).

A nível europeu, o INSA alerta que a taxa de notificação acumulada a 14 dias de 3.373 casos e com tendência crescente faz com que “apenas Portugal se encontra nesta situação”, uma vez que os outros 24 países analisados apresentam uma tendência decrescente no número de novos contágios, registando um Rt inferior a 1.

SO/LUSA

Notícia Relacionada

Graça Freitas alerta que pandemia está longe de estar “num nível seguro”

ler mais

RECENTES

ler mais