16 Nov, 2018

Jovens Farmacêuticos debatem o presente e o futuro da sua intervenção nas Farmácias

Os jovens farmacêuticos reúnem-se na próxima semana, no Porto, para discutir os desafios do presente e do futuro da sua intervenção e da função das Farmácias no apoio à comunidade e no bem-estar da população.

Preocupados com a realidade que o setor das farmácias vive, com a falta de reconhecimento, condições e capacidade de intervenção, esta iniciativa tem como objetivo apresentar as suas propostas para renovar, reafirmar e rejuvenescer o setor das Farmácias às diversas entidades do setor farmacêutico e da saúde, em Portugal.

Mostrando a sua disponibilidade e vontade de tornar o setor mais atrativo e também mais efetivo no papel histórico que tem com a comunidade, este evento organizado pela Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) contará com a participação das autoridades de saúde, entre elas o INFARMED, a Administração Regional de Saúde, com a Ordem dos Farmacêuticos, e ainda as organizações setoriais internacionais e nacionais, o Pharmaceutical Group of the European Union (PGEU), a Associação Nacional das Farmácias (ANF), a Associação de Farmácias de Portugal (AFP) e o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos (SNF).

João Tiago Teixeira, Presidente da APJF, revela-se preocupado com a atual situação de rotura iminente e considera ainda que o afastamento do jovens farmacêuticos para áreas de maior desafio e reconhecimento profissional, podem vir a causar, no médio prazo, consequências desastrosas para a saúde pública e para o correto funcionamento do Serviço Nacional de Saúde.

Este fórum de discussão realiza-se no dia 24 de novembro, na Secção Regional Norte da Ordem dos Farmacêuticos e dele resultarão aquelas que são as principais preocupações e propostas dos jovens farmacêuticos para permitir uma intervenção do Farmacêutico enquanto verdadeiro agente de saúde pública, promotor da vida saudável da população portuguesa.

COMUNICADO

ler mais

RECENTES

ler mais