4 Out, 2021

II Jornadas do NEMO dedicadas às doenças crónicas em mulheres em idade reprodutiva

Além das doenças crónicas, os especialistas também vão abordar temas clássicos da medicina obstétrica, como a diabetes e a hipertensão.

As II Jornadas do Núcleo de Estudos de Medicina Obstétrica (NEMO) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) vão realizar-se nos dias 15 e 16 de outubro, sob o mote “Mulheres complicadas, gravidezes complicadas”. O evento em formato híbrido é dedicado às doenças crónicas em mulheres em idade reprodutiva.

“Os avanços da ciência têm permitido aumentar a esperança média de vida e isso tem permitido que as mulheres engravidem cada vez mais tarde. Muitas vezes a gestação acontece tendo a mulher já uma doença crónica. Assim, não raras vezes, os médicos precisam de ajustar a medicação crónica à gravidez, para garantir o melhor equilíbrio entre segurança materna e fetal”, afirma a coordenadora-adjunta do NEMO, Inês Palma Reis.

Neste sentido, junto da abordagem às doenças crónicas, os especialistas vão debater temas clássicos da medicina obstétrica, como a diabetes mellitus, hipertensão arterial, obesidade e doenças autoimunes. As doenças cardíacas, hepáticas e a infeção HIV na gravidez também serão temas debatidos.

“A presente pandemia mostrou como o mundo e a medicina podem mudar em semanas, como nova evidência e tratamentos podem surgir em meses e como os problemas podem persistir. Temos de nos adaptar e crescer com os desafios, temos de responder às crises sem descurar os mais suscetíveis, mantendo o controlo dos problemas crónicos”, conclui Inês Palma Reis.

Para mais informações, consulte este link: https://www.spmi.pt/2as-jornadas-do-nucleo-de-estudos-de-medicina-obstetrica/.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais