7 Abr, 2020

Europeus vivem com saúde até aos 75 anos, Portugal fica-se pelos 72

A esperança de vida saudável aos 65 anos em Portugal é de 7,3 anos, inferior à média europeia (10 anos), segundo os dados do INE.

De acordo com o INE, no triénio terminado em 2018, a expectativa de vida para uma pessoa com 65 anos era de cerca de 19,5 anos (17,6 anos para os homens e 20,9 anos para as mulheres da mesma idade).

No entanto, a expectativa do número de anos de vida saudável aos 65 anos era “bastante menor”: 7,3 anos para a população em geral, 8,2 anos para os homens e 6,9 para as mulheres.

Durante a recolha de informação do INE, cerca de um terço da população a partir dos 16 anos indicou sentir uma limitação na realização de atividades consideradas habituais para a generalidade das pessoas devido a um problema de saúde: 33,6% em 2018 e 33,0% em 2019.

O indicador “Anos de vida saudável” permite avaliar se o aumento da esperança de vida é acompanhado ou não de um aumento de tempo vivido em boa saúde.

A esperança de vida à nascença em Portugal foi estimada em 80 anos para o total da população no triénio terminado em 2018, mais elevada para as mulheres (83,43 anos) do que para os homens (77,78 anos).

“Considerando a informação relativa à existência de limitações devido a problemas de saúde, a estimativa de anos de vida saudável à nascença era de 58,6 anos, mais baixa para as mulheres (57,5 anos) do que para os homens (59,8 anos)”, refere o INE.

No mesmo período, a expectativa de vida para uma pessoa com 65 anos era de 19,49 anos, sendo respetivamente de 17,58 anos e de 20,88 anos para os homens e para as mulheres com a mesma idade.

“O ajustamento relativo às limitações devido a problemas de saúde regista uma expectativa de número de anos de vida saudável aos 65 anos bastante menor: 7,3 anos para a população em geral, 8,2 anos para os homens e 6,9 para as mulheres”, indicam as estatísticas.

Assim, em 2018, comparativamente aos restantes países da UE-28, Portugal posicionava-se em 9.º lugar, com um valor inferior em 2,7 anos de vida saudável aos 65 anos, face à média europeia de 10 anos.

“Por outro lado, Portugal era em 2018 um dos países da UE-28 com maior diferença entre a expectativa de anos de vida saudável aos 65 anos para homens e para mulheres (mais 0,9 anos a favor dos primeiros)”, observam os autores do relatório divulgado pelo INE na véspera do Dia Mundial da Saúde, que se assinala a 07 de abril.

SO/LUSA

 

 

[box] Notícias Relacionadas:

Uma vida saudável diminui risco de sofrer de Alzheimer

Novas pesquisas sugerem que um estilo de vida saudável pode reduzir em um terço o risco de doença de Alzheimer ou outras formas de demência, mesmo que existam genes que aumentem o risco destas doenças.

Consumo moderado de hidratos de carbono favorece vida saudável e mais longa

Estudo publica na revista The Lancet sugere que consumo moderado de hidratos de carbono pode potenciar uma vida mais longa.

Transportes públicos de Lisboa e Porto divulgam campanhas para vida saudável

A Direção-Geral da Saúde (DGS) assinou hoje um protocolo com noves empresas de transportes públicos de Lisboa e do Porto, para promover a “alimentação saudável, exercício físico e controlo do tabagismo”, explicou o subdiretor-geral da Saúde, Diogo Cruz.

Saúde.come lança manual prático para estilo de vida saudável depois dos 60 anos

Maior propensão para doenças crónicas, sedentarismo, maus hábitos alimentares, baixo consumo de água, maior consumo de tabaco e álcool, menor literacia – este é o retrato da população idosa que será apresentado na Nova Medical School, em Lisboa, quinta-feira, 25 de maio, às 17h30

[/box]
ler mais

RECENTES

ler mais