23 Set, 2016

Câmara de Boticas dá 350 euros mensais a médicos para se fixarem no concelho

Os médicos que queiram preencher as vagas disponíveis no centro de saúde local receberão 350 euros mensais. A medida, aprovada em reunião do executivo, entra em vigor a partir de 01 de outubro

A Câmara de Boticas, no distrito de Vila Real, vai atribuir 350 euros mensais aos médicos que queiram preencher as vagas disponíveis no centro de saúde local, a partir de 01 de outubro.

Esta medida, aprovada em reunião do executivo, pretende atrair mais profissionais de saúde e fixa-los neste concelho, disse hoje à Lusa o autarca, Fernando Queiroga.

“Alguns médicos que trabalham no centro de saúde não eram de cá, mas acabaram por cá radicar-se e por cá gozarem a reforma, o que é importante”, afirmou.

O social-democrata realçou que a autarquia se substitui ao Governo de António Costa, mas “tem de ser” porque não existe uma visão interessada para os territórios do interior do país.

E acrescentou: “a câmara tem de ter uma atenção redobrada à área da saúde porque é fundamental para a população, mas isso só é possível porque temos disponibilidade financeira”.

Fernando Queiroga salientou ainda que é necessário realizar obras de requalificação nesta unidade de saúde, que foi construído há 35 anos sem nunca ter sofrido alterações, e manifestou a disponibilidade do Município de Boticas em colaborar com o Ministério da Saúde, comparticipando nos custos.

“São custos avultados. Já reunimos com a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte que, agora, vai fazer o levantamento das necessidades”, revelou.

LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais