Utentes sem MF, por Ricardo Baptista Leite

O médico infecciologista e deputado do PSD, Ricardo Baptista Leite, comenta o número crescente de pessoas sem médico de família atribuído.

“A falta de planeamento em saúde associado à incapacidade de valorizar os profissionais do setor resulta nisto. E quem paga são os cidadãos, nomeadamente os mais doentes e o que têm menos recursos financeiros. É possível fazer mais e melhor.

Apostar nas USF B (e C em zonas carenciadas), ir ao encontro das condições pedidas pelos especialistas, universalizar as Unidades Locais de Saúde e dar-lhes autonomia de gestão, e contratualizar médicos assistentes de forma temporária até se resolverem os problemas de base”.

 

in Público

Ricardo Baptista Leite

Médico | Deputado (PSD)

ler mais

RECENTES

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ler mais