25 Nov, 2022

A cura para a Esclerose Múltipla está no horizonte? Próximo congresso vai procurar respostas

O XVII Congresso Nacional de Esclerose Múltipla vai realizar-se de forma híbrida, nos dias 2 e 3 de dezembro de 2022.

A Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) acredita que a cura para a esclerose múltipla (EM) está num horizonte próximo. Multiplicam-se as inovações terapêuticas de combate à EM, o que faz aumentar a esperança para os cerca de 8 mil doentes que vivem em Portugal. Neste sentido, o próximo Congresso Nacional de Esclerose Múltipla, que vai decorrer nos dias 2 e 3 de dezembro, terá como tema central é: “A caminho das curas para a Esclerose Múltipla – Um Novo Horizonte”.

Numa altura em que os avanços nas investigações da EM antecipam resultados promissores, este Congresso é determinante para que as pessoas com EM, Familiares e Associações estejam informados sobre as novas evoluções acerca da doença. A questão que se impõe é: Será possível, no futuro, curar ou prevenir a EM? Perseguindo o objetivo das edições anteriores, o XVII Congresso Nacional de Esclerose Múltipla pretende ser um congresso de e para as pessoas com Esclerose Múltipla (PcEM), que pretendem respostas para questões decisivas e maior conhecimento sobre a doença.

Para dar seguimento a este objetivo, e em prol do conhecimento, a SPEM aderiu a um novo Consórcio Internacional de Associações de EM, visando desenvolver os Caminhos para as Curas da EM – “pathways to cure for MS”. O desafio que dá mote ao tema central do Congresso – Será possível, no futuro, curar ou prevenir a EM? – assenta em três caminhos em que a ciência, a neurologia e a classe médica estão a apostar, com resultados promissores:

1 – Atrasar o processo da doença através do diagnóstico precoce e da medicina de precisão;

2 – Restaurar as funções perdidas, revertendo danos e sintomas;

3 – Prevenir a EM por meio de prevenção, tendo em conta os fatores de risco e história familiar.

O XVII Congresso Nacional de Esclerose Múltipla vai realizar-se de forma híbrida, nos dias 2 e 3 de dezembro de 2022. Presencialmente será em Lisboa, na Associação Nacional de Farmácias num espaço pensado para quem tem mobilidade reduzida, com todas as acessibilidades asseguradas.

SO/COMUNICADO

Print Friendly, PDF & Email
ler mais

RECENTES

Print Friendly, PDF & Email
ler mais