Projeto em desenvolvimento visa ajudar famílias na prevenção do álcool e das drogas

Projeto prevê alertar para os perigos do consumo de álcool e drogas entre os jovens e adolescentes.

O projeto Empowering Parentes to Prevent Substance Use (EPOPS) é a nova iniciativa da A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), em parceria com o IREFREA Portugal – Instituto Europeu de Investigação de Fatores de Risco de Crianças e Adolescentes, que ficará em curso até ao final de 2019.

A ideia é alertar as famílias sobre um problema que afeta adolescentes e jovens, de forma a impedir ou atrasar o início do consumo de substâncias nocivas, como o álcool, dando aos educadores as ferramentas necessárias para estabelecer algum tipo de controlo do comportamento do adolescente, fixar normas e limites, ou aplicar disciplina através da negociação.

“Tem sido demonstrado que a ignorância sobre as atividades dos filhos, falta de supervisão, dificuldade para estabelecer normas de comportamento, ausência de regras claras sobre o funcionamento familiar, inabilidade de recompensar ou castigar adequadamente, ausência ou imposição extrema ou irracional da disciplina, envolvem risco aumentado de comportamento desviante”, afirmam as professoras Ana Perdigão e Irma Brito (ESEnfC) e o psicólogo Fernando Mendes (IREFREA Portugal), responsáveis pela implementação do projeto no espaço nacional, citados em comunicado.

O projeto prevê a formação de cerca de 60 pais, com o envolvimento de 30 associações de pais e famílias, pais e mães de filhos menores e outros educadores, bem como o contributo de 10 profissionais ligados à prevenção de comportamentos de risco.

Além da ESEnfC e do IREFREA Portugal, colaboram no projeto o Instituto Europeo de Estudios en Prevención (Espanha) – entidade coordenadora – a Federació d’Associacions de Pares i Mares d’Alumnes de Mallorca (Espanha) e o Leibniz-Insitut für Präventionsforschung und Epidemiologie (Alemanha).

COMUNICADO/SO

ler mais

RECENTES

ler mais