7 Out, 2019

Ministério abre 1830 vagas para formação de médicos na especialidade

Número é superior ao do ano passado e aposta no reforço das especialidades mais carenciadas. Contudo, mais de mil médicos devem ficar de fora.

Já é conhecido mapa de vagas para a formação de médicos na especialidade. Estão disponíveis 1830 vagas, o maior número de sempre. O mapa divulgado pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) atribui 1297 vagas para os hospitais e outras 491 para os centros de saúde.

Perante as críticas que tem crescido ao longo dos últimos anos, o Ministério da Saúde, através da ACSS, decidiu aumentar o número de vagas nas especialidades mais carenciadas. Anestesiologia tem 79 lugares em aberto, pediatria tem 99 e ginecologia/obstetrícia mais 48.

Contudo, mais lugares não significa necessariamente mais nem melhor formação, uma vez que o SNS dispõe de cada vez menos médicos experientes para formar os mais jovens. Por outro lado, nas especialidades mais procuradas abrem, a cada ano que passa, menos vagas. Neste concurso, oftalmologia tem 20 vagas, dermatologia 11, e medicina desportiva apenas uma.

Medicina Interna continua a ser, sem surpresas, a especialidade com mais vagas: 237. Cirurgia geral disponibiliza 66, tal como psiquiatria.

Este ano abriram mais cem vagas em comparação com 2018 mas cerca de 1200 licenciados vão continuar fora da formação especializada, segundo a estimativa da .Associação de Médicos pela Formação Especializada. Este valor confirma o crescimento do contingente de médicos “indiferenciados”, que se regista desde 2015.

TC/SO

ler mais

RECENTES

ler mais