31 Mai, 2021

Ema Paulino é a nova presidente da Associação Nacional das Farmácias

Lista liderada por Ema Paulino recolheu 58,0% dos votos numa eleição onde votarão cerca de 86% dos associados da ANF.

A lista liderada pela farmacêutica Ema Paulino, venceu hoje as eleições da Associação Nacional das Farmácias (ANF), antecipadas na sequência da demissão do atual presidente, com 58% dos votos, anunciou a organização.

“Para a direção, a lista A, liderada por Ema Paulino, recolheu 58,0% dos votos, contra 35,7% da lista F, liderada por Nuno Vasco Lopes, atual vice-presidente da ANF”, referiu a ANF num comunicado.

De acordo com a organização, “até 4 de junho, serão contabilizados os votos que ainda possam chegar por correspondência, tendo já votado 93,3% das farmácias, uma das maiores participações de sempre”. A contabilização dos votos por correspondência “já não alterará o resultado eleitoral”.

Até hoje, votaram nestas eleições 2.342 sócios da ANF, que conta com mais de 2.700 associados.

Ema Paulino foi membro da direção da ANF entre 2003 e 2012. A lista por si liderada apresenta como prioridade centrar a ação em cada uma das farmácias, valorizando o seu papel na rede de cuidados de saúde, através da contratualização de serviços com o Governo, assim como da “transformação digital” para aumentar a eficiência e acrescentar mais valor.

Preocupada com uma “situação financeira sem precedentes” da ANF, com “uma dívida líquida na ordem dos 440 milhões de euros”, Ema Paulino destaca a importância de um “reequilíbrio de contas” e a intenção de realizar uma auditoria, “para perceber onde é que estão os problemas em cada uma das empresas” detidas ou participadas pela ANF.

Da lista de Ema Paulino faz parte João Cordeiro, candidato à assembleia-geral e que assumiu a presidência da ANF durante vários mandatos.

Paulo Cleto Duarte demitiu-se da direção da ANF depois de João Cordeiro ter feito críticas públicas à sua gestão.

SO/LUSA

ler mais

RECENTES

ler mais