7 Jun, 2021

Campanha de sensibilização assinala o dia mundial da esclerodermia

O Dia Mundial da Esclerodermia decorre a 25 de junho e para o assinalar a FESPA vai desenvolver uma campanha de sensibilização da doença.

No âmbito do Dia Mundial da Esclerodermia (25 de junho), a Federação das Associações Europeias e Esclerodermia (FESCA) desenvolveu uma campanha de sensibilização sob o mote: “Os doentes com Esclerodermia são muito mais do que a sua doença!”. O objetivo principal da ação é valorizar o que cada doente faz na vida, mostrando as suas paixões, o que lhe faz sorrir e superar a doença.

A ação passa pela partilha de um vídeo e outros materiais gráficos por 26 associações membros em 20 países, de modo a aumentar a sensibilização e compreensão de toda a sociedade, nomeadamente autoridades e instituições nacionais e internacionais.

A esclerodermia é uma doença reumática autoimune crónica e rara, que afeta o corpo através do endurecimento do tecido conjuntivo. A pele e os órgãos internos podem ficar danificados, tendo como consequência final a morte destes doentes.

A presidente da FESCA, Sue Farrington alerta que: “A falta de consciência e compreensão entre os profissionais de saúde leva a um diagnóstico tardio, o que pode ter consequências graves e potencialmente fatais para as pessoas com Esclerodermia. É vital que as pessoas com Esclerodermia sejam identificadas o mais cedo possível, para que possam receber o tratamento e cuidados adequados”.

O diagnóstico precoce é vital, sendo o refluxo, dedos inchados e as mãos a mudarem de cor, alguns dos sinais de alerta. Ainda não existe cura para a doença, mas estão disponíveis tratamentos com sucesso para os órgãos individuais.

SO

ler mais

RECENTES

ler mais