20 Dez, 2019

Aluna da UMinho preside Associação Nacional de Estudantes de Medicina

Mar Mateus da Costa, finalista de Medicina da Universidade do Minho, toma posse este domingo, dia 22, como presidente da Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM)

Mar Mateus da Costa, finalista de Medicina da Universidade do Minho, toma posse este domingo, dia 22, como presidente da Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM). A cerimónia inicia às 19h00, na auditório Zulmira Simões da Escola de Medicina, no campus de Gualtar, em Braga. A sessão prevê a presença do bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, do reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, do diretor do curso de Medicina da UMinho, João Cerqueira, entre outras figuras.

No seu mandato, Mar Mateus da Costa quer reforçar a participação ativa da ANEM na política educativa nacional, no futuro dos estudantes de Medicina e na ligação à comunidade. “A ANEM tem uma participação cada vez mais forte na política educativa”, afirma. O planeamento integrado dos recursos na saúde e o levantamento dos problemas nos vários cursos de saúde – não somente nos de Medicina – são outras questões prementes, por forma a desenvolver estratégias para uma melhor gestão e eficiência nesta área. “A classe médica é vista como uns suprassumos e os estudantes de Medicina como algo à parte no ensino superior. Não é a realidade (se calhar, há 30 anos era); portanto, queremos aproximar-nos e fazer uma chamada de atenção não só à classe política ou à classe estudantil, mas também à comunidade”, diz.

ANEM representa 12.000 alunos

Mar Mateus da Costa tem 24 anos, é natural de Setúbal e está no 6º ano do mestrado integrado em Medicina, a desenvolver uma dissertação sobre neurociências. Organizou a iniciativa “Minho Medical Meeting”, presidiu o Núcleo de Estudantes de Medicina da UMinho e está desde 2016 na estrutura da ANEM, tendo sido senadora, tesoureira e, este ano, presidente do conselho fiscal. É a terceira estudante da UMinho a liderar a ANEM, após Cláudia Melo (2007-08) e Alberto Silva (2015).

A ANEM foi fundada em 1983 e representa mais de 12.000 estudantes de Medicina em território nacional e também internacionalmente, através dos seus oito associados nas escolas médicas portuguesas. A sua principal missão é advogar pela defesa da qualidade da educação médica em Portugal e da saúde em geral. Promove anualmente uma ampla oferta de projetos, eventos formativos e estágios nacionais e internacionais.

 

MMM/SO

ler mais

RECENTES

ler mais