16 Mar, 2018

Ordem dos Médicos Dentistas vai distribuir 300 kits de saúde oral em Castelo Branco

A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) vai assinalar, esta terça-feira, o Dia Mundial da Saúde Oral com a distribuição de 300 kits no centro de saúde de São Miguel, da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco. Os kits incluem escova e pasta de dentes, bem como uma brochura e folhetos educativos para prevenir as doenças orais.

O centro de saúde de São Miguel começou, no final do ano passado, a oferecer consultas de saúde oral, no âmbito do projeto-piloto do Ministério da Saúde para a integração de médicos dentistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS).  Na visita a Castelo Branco, o Bastonário da OMD, Orlando Monteiro da Silva, vai estar acompanhado pelo secretário de Estado Adjunto da Saúde, Fernando Araújo.

O bastonário da OMD salienta que “o nosso objetivo é demonstrar que não há saúde em geral sem saúde oral. A saúde oral tem um papel absolutamente determinante em outras doenças. A cárie é a doença mais comum em todo o mundo e segundo a Organização Mundial de Saúde afeta 90% da população mundial. Em Portugal, desde a criação do Programa Cheque Dentista, em 2008, o número de dentes cariados nas crianças tem vindo a cair e, em simultâneo, tem vindo a aumentar o número de dentes tratados. Temos resultados notáveis que seguramente vão fazer com que, no futuro, o número de idosos sem dentes diminua fortemente”.

Neste sentido e tendo em conta que a saúde oral condiciona a evolução e tratamento de algumas das patologias que mais afetam os portugueses na idade adulta e sobretudo na velhice, como as doenças cardiovasculares e a diabetes, Orlando Monteiro da Silva destaca “o sucesso do projeto-piloto de integrar médicos dentistas no SNS, uma lacuna desde a criação do SNS que nunca incluiu cuidados de saúde oral. O projeto começou há dois anos em 13 centros de saúde e hoje já ultrapassa a meia centena de unidades. Acreditamos que o projeto está consolidado, tem tido uma enorme procura e está na altura de o passar a definitivo com a criação da carreira de médicos dentistas no SNS, o ultimo passo para garantir que não há um recuo e que todos os portugueses, sem exceção, sobretudo os mais carenciados, têm acesso a consultas de saúde oral no SNS. O Ministério da Saúde já deu parecer positivo à criação desta carreira, falta apenas a luz verde do Ministério das Finanças”.

COMUNICADO/SO

ler mais

RECENTES

ler mais