Onde está o problema na minha equipa?
Médico e co-fundador da nobox

Onde está o problema na minha equipa?

Infelizmente, há um grande número de equipas na área da saúde onde as pessoas não se sentem satisfeitas, motivadas, respeitadas, ouvidas, parte das decisões. Isto origina conflitos, ineficiências, falhas, erros, exaustão e desilusão, que além de implicar menor e pior produtividade, implica a saída crescente dos profissionais dessas equipas.

Se os sintomas são fáceis de ver e identificar (não tão fáceis de sentir), perceber a causa e como atuar pode ser mais complexo. Mas há formas de explorar e desconstruir o problema.

Nem sempre é só a equipa a sentir as dores. Por vezes, e muitas vezes, estas também são sentidas pela liderança. Ou, apesar da liderança, quando o contexto se torna desfavorável!

Sempre que analisamos equipas, importa fazê-lo com três lentes. Três perspetivas que se influenciam mutuamente (modelo internacional de liderança), que nos podem indicar onde se foca o desequilíbrio desta equipa. É do desequilíbrio entre estas 3 forças, que advêm as disfunções das equipas:

  1. O líder: muitas vezes temos uma imagem pré-formada do que é e deve ser um líder. No entanto, a literatura demonstra que o papel do líder depende mais da forma como se adapta à equipa e ao contexto, ajustando o seu estilo de liderança ao que o contexto exige (inovação, consolidação, crescimento?) e à equipa que dispõe para o conseguir (em conjunto);
  2. A equipa: vê-se frequentemente como agente passivo dos desejos e intenções do líder e organização, com pouca influência. No entanto, são quem leva as coisas para a frente! Quando existe uma descoordenação do líder, os elementos da equipa podem ajudá-lo e realinhar as suas práticas. Podem ser muito dependentes do líder, mas também muita influencia na sua forma de liderar, na sua motivação e na sua visão (por vezes!);
  3. O contexto: por vezes, tudo muda. Uma pandemia, um novo edifício, fusão de serviços, menor ou maior orçamento. E, se tudo muda, tudo pode ter de mudar, no líder e na equipa. Saber ler o ecossistema em que se encontram é fundamental para que equipas se mantenham equipas ao longo do tempo, e não só em temporadas favoráveis!

 

Não há soluções fáceis. Mas compreender de onde vem o problema, ajuda a torná-lo mais claro, mais concreto e, logo, mais perto de ser resolvido.

Iremos abordar cada uma das esferas nos artigos seguintes.

Print Friendly, PDF & Email
ler mais

RECENTES

Print Friendly, PDF & Email
ler mais