9 Fev, 2021

“Muito Mais do Que Sexo”: vamos falar sobre o tema?

Marta Crawford e Bernardo Mendonça lançam podcast sobre sexo, que está disponível nas plataformas a partir do dia 14 de fevereiro.

Com o objetivo de tratar o tema da sexualidade, esclarecendo mitos e desconstruindo preconceitos, a psicoterapeuta e sexóloga Marta Crawford e o jornalista Berardo Mendonça, lançam dia 14 de fevereiro, o podcast “Muito Mais do Que Sexo”.

O dia dos namorados serve de mote à necessidade de falar sobre o sexo, que ambos os autores defendem, bem como de “desconstruir todos os mitos, machismos, preconceitos, hipocrisias e julgamentos sobre a sexualidade e discutir a fundo os desafios da intimidade, as curvas e contracurvas do amor”, afirmam.

Uma das questões que os autores colocam é se a pandemia está a comprometer a sexualidade e as relações amorosas entre as pessoas, pois a seu ver “nestes tempos de medo, de confinamento, isolamento social e crise económica, a saúde mental e sexual são mais do que nunca temas a ter em conta”.

Desta forma, a partir do dia 14 de fevereiro vai ser possível ouvir em podcast e videocast as conversas empáticas e desassombradas entre Marta Crawford e Bernardo Mendonça, em “Muito Mais Do Que Sexo”, no Expresso e em todas as aplicações de podcasts (Applepodcasts, Spotify e Soundcloud).

Os criadores do projeto defendem que este é também um espaço onde se podem escutar testemunhos reais de homens e mulheres de várias idades, perfis e orientações sexuais que aqui partilham as suas experiências, descobertas e pontos de vista mais íntimos, sendo as pessoas convidadas a contar os seus testemunhos e a revelar as suas opiniões através do endereço mail@muitomaisdoquesexo.pt .

Nesta conversa de aproximadamente uma hora, são ainda sugeridos neste podcast livros, séries e filmes relacionados com as temáticas abordadas.

Marta Crawford e Berardo Mendonça lançam o repto “O desejo agora é que tenha muito prazer a ouvir e ver este ‘Muito Mais Do Que Sexo’, para ajudar a desconfinar a mente, as fantasias e os corpos de todos e todas”.

O site do projeto está acessível em site www.muitomaisdoquesexo.pt .

 

Notícias relacionadas:

ler mais

RECENTES

ler mais